Da série “Inimigos do Condomínio” #12

Honestamente, incluímos os animais de estimação nesta série por questões didáticas.

Acreditamos que os animais, de per si, não são problema a quem quer que seja muito pelo contrário.

Quando há reclamações cuja origem é um animal doméstico é possível arriscar que um ser humano omisso ou insensível (insensato?) consta do enredo.

Um animal pode, claro, ser problema num condomínio: latidos constantes, odores fortes, xixi e cocô aqui e acolá, desconforto ao outro passageiro do elevador e outras situações.

Nada que não poderia ser evitado se o respectivo dono (ou responsável) por esse animal fosse ou estivesse mais atento, fosse mais responsável, mais carinhoso, mais cuidadoso.

A quem quiser complementar a leitura sobre o tema sugerimos os títulos “Rex é mansinho!”, “Assim também é demais!!!” e “Não são lindos?”, publicados sob a categoria convivência nos dias 11, 12 e 13 de outubro de 2013.

Image

Sobre Orandyr Luz

Consultor, articulista e palestrante, especialista em gestão condominial. Autor dos livros "Evolução Histórica do Condomínio Edilício", São Paulo/SP: Editora Scortecci, 2013, "O condomínio daquela rua - Histórias e causos nesse ambiente peculiar", São Paulo/SP: Editora Biblioteca 24horas, 2015 e "O condomínio & você - Práticas de gestão condominial", Curitiba/PR: Ed. Juruá, 2018. Ciclista, leitor, cidadão.
Esse post foi publicado em convivência e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s