Em Hamburgo, cápsulas de café são banidas de prédios públicos

Em Hamburgo, na segunda maior cidade da Alemanha, prédios e repartições públicas não poderão mais comprar cápsulas de café, aquelas que são introduzidas em máquinas específicas para produzir a bebida de um jeito bem prático. A proibição se deu para reduzir a quantidade de resíduos lançados ao meio ambiente.

Mas não foram apenas as cápsulas de café que foram banidas de órgãos públicos. No Guia para Contratos Ecologicamente Responsáveis, um documento de 150 páginas, produtos de limpeza à base de cloro, talheres de plástico e garrafas plásticas de água também figuram na lista dos itens que nãos serão mais adquiridos.

cápsulas de café

Segundo o documento, as cápsulas de café causam gastos desnecessários e geram resíduos que, em geral, contêm alumínio e poluentes. Na Alemanha, a cada oito cafés vendidos, um deles é feito a partir das cápsulas individuais.

Em entrevista à BBC, o porta-voz do Departamento de Meio Ambiente e Energia de Hamburgo, Jan Dube, disse que essas cápsulas costumam ser feitas de uma mistura de alumínio e plástico, o que torna o processo de reciclagem mais difícil. Por isso, decidiu-se que o dinheiro do contribuinte não deveria ser usado para adquirir tais itens.

Além da complexa mistura de alumínio e plástico, as embalagens contêm resíduos de borra de café moída, o que dificulta ainda mais a reciclagem.

Leia mais em: http://www.ecycle.com.br/component/content/article/38-no-mundo/4257-em-hamburgo-capsulas-de-cafe-sao-banidas-de-predios-publicos.html?lb=no&utm_source=eCycle&utm_campaign=52bda0d0c2-Newsletter_211_07_03_2016&utm_medium=email&utm_term=0_ca1df616f8-52bda0d0c2-150575977. Acesso 07/03/2016.

Sobre Orandyr Luz

Consultor, articulista e palestrante, especialista em gestão condominial. Autor dos livros "Evolução Histórica do Condomínio Edilício", São Paulo/SP: Editora Scortecci, 2013, "O condomínio daquela rua - Histórias e causos nesse ambiente peculiar", São Paulo/SP: Editora Biblioteca 24horas, 2015 e "O condomínio & você - Práticas de gestão condominial", Curitiba/PR: Ed. Juruá, 2018. Ciclista, leitor, cidadão.
Esta entrada foi publicada em sustentabilidade com as etiquetas , . ligação permanente.

Uma resposta a Em Hamburgo, cápsulas de café são banidas de prédios públicos

  1. Hélio Domingues diz:

    Algumas modernidades já nascem mortos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s