Porteiros nada distraídos Causo #19

Nos últimos tempos ocorreram inúmeras depredações no interior dos elevadores daquele condomínio, então a assembleia foi unânime em deliberar a instalação de câmeras.

Decorridos alguns meses sem nenhum tipo de vandalismo nos equipamentos, o síndico decidiu investir certa folga no caixa e, assim, providenciou a colocação de um belo e amplo espelho no elevador social.

O subsíndico, então, começou a insistir que fosse instalada, no elevador social, aquela plaquinha que avisa: “Sorria, você está sendo filmado!”

E essa atitude do subsíndico voltou a se repetir nas três outras reuniões subsequentes.

Intrigado, o síndico o chamou a um canto e, reservadamente, lhe perguntou:

– Por que você vem insistindo tanto nesse assunto? Não vejo a menor necessidade… Justo no meio do espelho – que está tão bonito – colocar uma placa dessas? Não consigo entender!

Por fim, o subsíndico cedeu:

– Sabe o que é?

– Fiquei alguns instantes outro dia na portaria e percebi que os porteiros ficam vidrados com as mulheres se olhando no espelho, se arrumando, dando os últimos retoques na maquiagem…

– E tem mais! Descobri, ainda, que minha mulher é a preferida porque, além dela arrumar a calcinha e a meia-calça, costuma também ajeitar o sutiã. Todos os porteiros já viram!!!

– Comuniquei este fato a ela, e reiterei várias vezes. Mas, ela sempre acaba se esquecendo.

– Então, por favor, põe a placa… Nem que seja por mim!!!

camera-no-elevador2

Se, por um lado, a instalação de CFTV em elevadores inibe que haja vandalismo, depredação, ou pichações de mau gosto, por outro, propicia àqueles que monitoram o sistema imagens nem sempre “ortodoxas”.

Normalmente, depois de algum tempo, nos acostumamos com aquele ‘ponto’, e acabamos sendo protagonistas de situações inusitadas para o deleite dos porteiros, quando o sistema é controlado ali mesmo.

Afinal, não sei se a câmera foi instalada. Faz tempo que não passo por lá…

Anúncios

Sobre Orandyr Luz

Consultor, articulista e palestrante, especialista em gestão condominial. Autor dos livros "Evolução Histórica do Condomínio Edilício", Editora Scortecci, 2013, São Paulo/SP, "O condomínio daquela rua - Histórias e causos nesse ambiente peculiar", Editora Biblioteca 24horas, 2015, São Paulo/SP e "O condomínio & você - Práticas de gestão condominial", Ed. Juruá, 2018, Curitiba/PR. Ciclista, leitor, cidadão.
Esse post foi publicado em segurança e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s