Raios e trovões!

Uma das obrigações legais em alguns municípios brasileiros é a revisão anual do chamado SPDA, ou sistema de proteção contra descargas atmosféricas, o sistema do qual faz parte o popular para-raios.

Sua instalação obedece a normas técnicas quanto ao tipo de material utilizado, bitola do cabeamento em cobre nu e dimensão da haste de cobre que deve ser enterrada, onde o raio termina sua trajetória, dissipando-se no solo.

Independe do tipo instalado no seu edifício – gaiola de Faraday ou do tipo Franklin, os mais comuns – é importantíssimo que se faça uma revisão anual desse sistema, mesmo que não haja obrigatoriedade legal no município em que resida.

A confiabilidade do sistema será, então, checada anualmente ou de forma preventiva após reformas que possam alterá-lo, ou após ter recebido uma descarga elétrica.

A chamada ‘medição ôhmica’, isto é, a capacidade de resistência do solo deve ser feita por técnico especializado, emitindo-se a respectiva A.R.T. (Anotação de Responsabilidade Técnica, do CREA).

O SPDA protege a estrutura do prédio e as pessoas; aparelhos eletroeletrônicos não são protegidos e poderão ser danificados mesmo que uma descarga seja captada e conduzida para a terra.

Não pense que o para-raios do prédio vizinho vai proteger você e que instalá-lo no seu prédio vai atrair raios. O sistema, na verdade, é um caminho seguro da energia gerada à terra.

Imagem

Sobre Orandyr Luz

Consultor, articulista e palestrante, especialista em gestão condominial. Autor dos livros "Evolução Histórica do Condomínio Edilício", São Paulo/SP: Editora Scortecci, 2013, "O condomínio daquela rua - Histórias e causos nesse ambiente peculiar", São Paulo/SP: Editora Biblioteca 24horas, 2015 e "O condomínio & você - Práticas de gestão condominial", Curitiba/PR: Ed. Juruá, 2018. Ciclista, leitor, cidadão.
Esta entrada foi publicada em manutenção. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s