Da série “Inimigos do Condomínio” #5

Manutenção é causa de preocupação, e até de noites mal dormidas, de muitos síndicos Brasil afora.

A abrangência disso é enorme, a depender do tamanho do condomínio – número de unidades autônomas e respectivas vagas de garagem, elevadores, grupo gerador, sistema de proteção de descargas atmosféricas, pressurização de escadarias, sistema de prevenção de incêndios, caldeiras, trocadores de calor, para citar alguns – e de seus itens de lazer – piscinas, quadras poliesportivas, salas de ginástica, salões de festas, cinema, espaços gourmet, brinquedotecas, sauna, playground, dentre outros.

Classificar a (falta de) manutenção como inimiga do condomínio é relativamente fácil. Afinal, um sem-número de consequências imprevisíveis, certamente desastrosas e desgastantes pode aí ter sua origem.

Remetemos à leitura do artigo “E o síndico com isso? Tudo!”, do dia 22/10, sob a categoria manutenção, bem como as outras publicações nesta mesma categoria.

Imagem

 

Sobre Orandyr Luz

Consultor, articulista e palestrante, especialista em gestão condominial. Autor dos livros "Evolução Histórica do Condomínio Edilício", São Paulo/SP: Editora Scortecci, 2013, "O condomínio daquela rua - Histórias e causos nesse ambiente peculiar", São Paulo/SP: Editora Biblioteca 24horas, 2015 e "O condomínio & você - Práticas de gestão condominial", Curitiba/PR: Ed. Juruá, 2018. Ciclista, leitor, cidadão.
Esse post foi publicado em manutenção e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s