O que aqueles esqueletos estão fazendo na área de lazer do meu condomínio?!!! Causo #8

Para começar, havia um cemitério bem ao lado do condomínio. O zelador, muito supersticioso, só aceitou trabalhar ali depois que se assegurou de que o muro que os separava era bem alto.

Ele sempre evitava olhar para lá quando, por algum motivo, tinha que subir nos andares. Além disso, não queria saber de conversar a respeito de funerais, mortos, o que quer que seja…

Naquela semana choveu muito, mas muito mesmo.

Assim, o que acabou acontecendo, dá até pra imaginar…

E, apesar da presença do zelador no condomínio quem foi acionada, pela manhã, foi a administradora.

Ele bem que havia tentado – tão logo constatou o incidente – entrar em contato com o seu gerente de atendimento, mas estava paralisado… Não conseguia nem falar…

skyline sp (5)

Vizinhos, como se diz, a gente não escolhe.

Mesmo que, antes de fechar o contrato, você tome o cuidado de pesquisar, conversar, saber sobre as pessoas que estarão ali, “do outro lado da parede”, algum dia essa família pode se mudar, e a outra, totalmente diferente, com novos hábitos, rotinas, barulhos, enfim…

Nesse causo, o vizinho é conhecido, o cemitério, o que nunca se espera é que, belo dia, alguns esqueletos venham “visitá-lo”.

Como o condomínio fora construído numa área topograficamente inferior ao do cemitério, com a chuvarada, a pressão da água foi tal que rompeu parte da base do muro, propiciando a “visita”.

Restou comunicar as autoridades competentes para remover os “intrusos” e iniciar imediatamente a reconstrução do muro.

Só para finalizar, talvez não precisasse ser dito, o zelador antecipou suas férias e só retornou depois de finalizadas as obras…

Anúncios

Sobre Orandyr Luz

Consultor, articulista e palestrante, especializado em gestão condominial. Autor dos livros "Evolução Histórica do Condomínio Edilício", Editora Scortecci, 2013, São Paulo/SP, "O condomínio daquela rua - Histórias e causos nesse ambiente peculiar", Editora Biblioteca 24horas, 2015, São Paulo/SP e "O condomínio & você - Práticas de gestão condominial", Ed. Juruá, 2018, Curitiba/PR. Ciclista, leitor, cidadão.
Esse post foi publicado em administração e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s