Sustentabilidade, ponto.

No artigo Estamos em 2019, século XXI, ora bolas! íamos fazer algumas considerações a respeito do tema, mas nos alongamos falando sobre o lixo.

Pois bem, continuando o raciocínio, além da abordagem anterior, questão da mais alta importância pelos reflexos que tem no planeta e em nossas vidas, a sustentabilidade em condomínios também abrange, ainda dentro de seu perímetro, o tratamento desse lixo coletado, separando-o pelo menos o que é reciclável do material orgânico.

O uso racional da água também merece nossa atenção, esse bem precioso, finito, indispensável à vida. Vamos nos atentar e fechar a torneira enquanto lavamos a louça ou fazemos a barba, e, sempre que possível vamos praticar o reuso, pela captação de águas pluviais e pelo aproveitamento, quando for o caso, da água do lençol freático sobre o qual o condomínio ficou assentado.

Aliás, o reuso pode ser utilizado a partir do reaproveitamento de águas servidas, dos chuveiros e pias dos banheiros, que, mediante tratamento adequado em estações domésticas, podem ser usadas na descarga, em irrigação da área ajardinada, limpeza das garagens, dentre outros.

skyline MVD (11)

O síndico, nesse particular, tem papel preponderante, quando determina ações visando à economia, diminuindo a frequência na limpeza de determinadas áreas, por exemplo, lavagem das garagens, promovendo a revisão periódica das válvulas de descarga de todo o prédio e das torneiras da área comum, ou instalando torneiras com arejadores, temporizadores ou redutores de pressão e válvulas de descarga de duplo fluxo.

A separação do óleo de cozinha usado, enviando-o para a reciclagem, eventualmente trocando por produtos de limpeza, é outra ação fácil de implantar e que colabora muito com o meio ambiente.

Finalmente, o descarte correto de pilhas, baterias e equipamentos eletroeletrônicos, sem se esquecer das embalagens de medicamentos, como comentamos no artigo “Você vai se surpreender! Veja isto!!!”, publicado em 24/09/2013.

São atitudes de cidadãos conscientes de seu papel no contexto urbano em que estamos inseridos, de uma forma geral, e como moradores de condomínios, em particular.

Ao adotar essa postura, agindo e vivendo de forma sustentável, sem que percebamos vamos servir de exemplo para outras pessoas, contribuindo para uma melhor qualidade de vida para nós e nossos descendentes.

Anúncios

Sobre Orandyr Luz

Consultor, articulista e palestrante, especialista em gestão condominial. Autor dos livros "Evolução Histórica do Condomínio Edilício", São Paulo/SP: Editora Scortecci, 2013, "O condomínio daquela rua - Histórias e causos nesse ambiente peculiar", São Paulo/SP: Editora Biblioteca 24horas, 2015 e "O condomínio & você - Práticas de gestão condominial", Curitiba/PR: Ed. Juruá, 2018. Ciclista, leitor, cidadão.
Esse post foi publicado em sustentabilidade e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s