Lei de Sitter. Queéisso?

Manutenção e economia.

Intuitivamente sabemos que “prevenir é melhor que remediar”.

Neste brocardo, levando a questão ao ambiente condominial, ‘prevenir’ significa, claro, manutenção preventiva, e ‘remediar’, aquela corretiva depois que o fato foi consumado.

A lei de Sitter, ou lei de evolução de custos, mostra que a demora para iniciar obras de manutenção causa os reparos mais caros, além de mais trabalhosos.

Os custos de correção correspondem a uma progressão geométrica de razão cinco (veja a ilustração).

É muito mais barato trabalhar preventivamente, isto é, não esperar algo se deteriorar de vez para se providenciar seu reparo.

São cientistas, estudiosos, professores que se debruçaram sobre o tema que afirmam isso.

Que tal adotar essa prática no seu condomínio?

Imagem

Anúncios

Sobre Orandyr Luz

Consultor, articulista e palestrante, especialista em gestão condominial. Autor dos livros "Evolução Histórica do Condomínio Edilício", São Paulo/SP: Editora Scortecci, 2013, "O condomínio daquela rua - Histórias e causos nesse ambiente peculiar", São Paulo/SP: Editora Biblioteca 24horas, 2015 e "O condomínio & você - Práticas de gestão condominial", Curitiba/PR: Ed. Juruá, 2018. Ciclista, leitor, cidadão.
Esse post foi publicado em manutenção. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s